Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Irmão de homem morto no Bataclan quer os Rolling Stones e Bowie no funeral

'Quero que o meu irmão tenha rock and roll', diz Matthieu Mauduit.

Cedric Mauduit, francês de 41 anos, foi uma das 130 vítimas mortais dos atentados de Paris na semana passada, ele que estava no Bataclan a assistir ao concerto dos Eagles of Death Metal quando se deu a tragédia. O seu irmão mais novo, Matthieu Mauduit, quer agora que os Rolling Stones e David Bowie compareçam no seu funeral. Porquê? Porque a paixão de Cedric, como a de certamente muitos daqueles presentes na sala de espetáculos, era o rock and roll. A tarefa é complicada, mas Matthieu tem, para já, algum apoio nas redes sociais. "Comecei por escrever um post no Facebook [sobre isto]", conta, "e depois disseram-me para ir ao Twitter", sendo que a hashtag #RollingStonesforCedric tem ganho algum ímpeto. O desejo do irmão de Cedric, que possuía uma enorme coleção de discos de vinil na sua casa em Lion-sur-Mer, ainda não foi comentado pelos artistas em questão, apesar de alguns intermediários já lhe terem dito que iriam fazer por isso. "Só me quero lembrar de coisas felizes - e felicidade é música, é rock and roll", comentou ainda. Foto: Getty Images