Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Inflacionou preço de medicamento para a sida, pagou milhões por um álbum dos Wu-Tang Clan e agora foi preso

Martin Shkreli foi detido pelo FBI, esta quinta-feira, recaindo sobre ele acusações de fraude.

Tornou-se, em 2015, um dos homens mais odiados do mundo, após ter adquirido um medicamento para a sida e inflacionado o seu preço em mais de 5000% - de 13 dólares e meio por pílula para 750 dólares. Martin Shkreli foi agora detido pelo FBI, por fraude bolsista. Shkreli é acusado de ter usado acções da sua empresa de biotecnologia, a Retrophin Inc., para pagar dívidas referentes a outros negócios. O multimilionário norte-americano ainda não teceu quaisquer declarações sobre este caso. Nas últimas semanas, Martin Shkreli foi notícia nos meios musicais por ter sido o comprador de Once Upon a Time in Shaolin, álbum dos Wu-Tang Clan cuja única cópia estava avaliada em 2 milhões de dólares (cerca de 1 milhão e 800 mil euros). O rapper RZA declarou, antes do anúncio da detenção de Shkreli, que não teria vendido o álbum a este se soubesse de quem se tratava.