Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Festival MED, de Loulé, com colaborações especiais

A edição deste ano vai contar com quatro concertos em que os artistas irão partilhar o palco com convidados. Tape Junk (na foto) vão marcar presença, juntamente com Frankie Chavez.

Os cabo-verdianos Ferro Gaita , embaixadores do funaná, convidam o seu conterrâneo Dino de D'Santiago (recém nomeado para o prémio Songlines). O concerto tem lugar a 27 de junho. No mesmo dia, a brasileira Giana Viscardi vai pisar o palco juntamente com a cabo-verdiana Sara Tavares. A sonoridade afro-brasileira do repertório da primeira será reforçada pela participação especial de Sara Tavares. 26 de junho é o dia do encontro entre o projeto nacional Danças Ocultas e a cantora/violoncelista brasileira Dom La Nena, elogiada por New York Times ou Wall Street Journal. O primeiro de todos estes concertos é o dos portugueses Tape Junk, que contarão com a participação da guitarra de Frankie Chavez. A troca de experiências dá-se a 25 de junho. Estes artistas juntam-se aos treze nomes já confirmados para esta edição do MED: Carminho, Raquel Tavares, Tiago Bettencourt e DJ Marfox (Portugal), Batida (Portugal/Angola), Balkan Beat Box (Israel), Nneka (Nigéria), Cumbia All Stars (Perú), Jambinai (Coreia do Sul), Ester Rada (Israel), Baloji (República Democrática do Congo), Skip&Die (Holanda/África do Sul) e Karyna Gomes (Guiné-Bissau). O festival MED tem lugar na zona histórica de Loulé de 25 a 27 de junho.