Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Eazy-E morreu há vinte anos: recorde aqui um dos autores de 'Straight Outta Compton'

A 26 de março de 1995, morria um dos 'pais' do gangsta-rap, na sequência de complicações causadas pelo vírus da sida. Documentário sobre os N.W.A., grupo que ajudou a formar, sai em agosto.

Foi há precisamente vinte anos que morreu um dos pais do gangsta rap, género popularizado pelo coletivo que ajudou a formar em finais dos anos oitenta. Eazy-E, nome de guerra de Eric Lynn Wright, sucumbia ao vírus da sida, deixando para trás um dos mais importantes álbuns do cânone do hip-hop: Straight Outta Compton, dos N.W.A., grupo que contava também com Dr. Dre e Ice Cube nas suas fileiras. Nascido em Compton, na California, em 1963, Eazy-E começou por ganhar a vida vendendo drogas nas ruas, investindo posteriormente na Ruthless Records, a editora que criou em 1986 como veículo para o lançamento dos álbuns dos N.W.A., coletivo que dois anos mais tarde "rebentaria" no mainstream (e poria inúmeros pais de cabelos em pé...) com canções como o tema-título de Straight Outta Compton e "Fuck Tha Police", crítica à brutalidade policial que afetava sobretudo a população negra da comunidade, e que posteriormente foi alvo de uma versão dos Rage Against the Machine. O álbum faria com que os N.W.A. (acrónimo para Niggaz With Attitudez) fossem, à época, considerados como "o grupo mais perigoso do mundo", ajudando a popularizar o então nascente género do gangsta rap, devido ao seu conteúdo lírico, focado sobretudo em atividades criminais e usando e abusando de calão. E, estima-se, vendeu cerca de 80 por cento das três milhões de cópias transacionadas em subúrbios "brancos". Os N.W.A. cessariam atividade em 1991, após a escolha de Jerry Heller para manager da banda, que levou a divergências entre Eazy-E e Dr.Dre - o álbum de estreia deste, The Chronic, igualmente considerado um clássico do hip-hop e onde despontou um jovem Snoop Dogg, está pejado de mensagens insultuosas para com Eazy-E. O rapper faleceria a 26 de março de 1995, apenas um mês depois de ter dado entrada num hospital de Los Angeles com sintomas de asma, sendo diagnosticado como portador do vírus da sida. Conta-se que iniciou a sua vida sexual aos doze anos, tendo tido sete filhos de seis mães diferentes. No próximo mês de agosto, será lançada uma biopic sobre o coletivo: o filme tem o mesmo nome do disco que popularizou os N.W.A. e contará toda a sua história. Teledisco de "Straight Outta Compton":