Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Eagles of Death Metal com U2 em Paris e regresso a Portugal em fevereiro

Eagles of Death Metal juntam-se aos U2 em Paris. Regresso dos americanos a Portugal deve suceder em fevereiro.

A revista "Billboard" noticiou ontem que os Eagles of Death Metal irão atuar com os U2 e Josh Homme na Arena de Bercy. Os concertos que os U2 tinham agendados nos dias imediatamente a seguir aos atentados de Paris foram cancelados. As novas datas, já se sabia, sucedem este domingo e na segunda-feira mas, de acordo com a "Billboard", terão a participação dos Eagles of Death Metal, a banda norte-americana que atuava na sala Bataclan quando esta foi invadida pelos terroristas que ali assassinaram 89 pessoas. Os Eagles of Death Metal tinham entretanto, em entrevista à "Vice", mostrado a intenção de serem a primeira banda a atuar no Bataclan, quando este espaço reabrisse. O jornal francês "Le Figaro" escreveu esta semana que a centenária casa de espectáculos só reabrirá daqui a um ano, depois de feitas obras indispensáveis. A "Billboard" não adianta porém se os Eagles of Death Metal, que desta vez serão acompanhados por Josh Homme, que também faz parte dos Queens of the Stone Age, sobem ao palco no domingo ou na segunda-feira. Acrescenta, no entanto, que Jesse Hughes, Josh Homme e os demais elementos dos Eagles of Death Metal, entre os quais se conta Dave Catching, produtor do próximo álbum de Legendary Tigerman, interpretarão juntamente com a banda irlandesa o último tema da noite. O segundo e último concerto dos U2 na capital francesa marca também o final desta digressão europeia, sendo transmitido em direto pela estação de televisão HBO para os Estados Unidos da América. Os U2 voltam a entrar em digressão no próximo verão, aguardando-se o seu regresso a Portugal, à Meo Arena, no mês de julho de 2016. Já os Eagles of Death Metal irão concluir a digressão entretanto cancelada devido aos atentados já em fevereiro, ainda segundo a "Billboard". A banda de Jesse Hughes tinha um concerto marcado para o Armazém F em Lisboa, entretanto cancelado, devendo o mesmo ser reposto já em fevereiro.