Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Donos do Bataclan garantem que sala vai reabrir: 'Não nos vamos render'

Após os atentados de 13 de novembro, que mataram quase 90 pessoas, um dos responsáveis pela sala parisiense deu uma entrevista.

Um dos donos do Bataclan, a sala de espetáculos parisiense que no passado dia 13 de novembro foi o cenário de um gravíssimo atentado terrorista, deu uma entrevista sobre o futuro do recinto. Em entrevista à Billboard, Dominique Revert diz que o Bataclan irá "reabrir, sem dúvida. Durante alguns meses, ou mesmo durante alguns anos, continuaremos de coração pesado. Mas vai reabrir. Não nos vamos render".  O Bataclan abriu as suas portas ao público em 1864, tendo ao longo dos anos acolhido espetáculos de vaudeville, projeção de filmes e, da década de 70 em diante, concertos de numerosos artistas internacionais. Segundo a Billboard, até setembro de 2015 o Bataclan era propriedade de Pascal e Joel Laloux, cidadãos judeus que tinham por hábito organizar eventos pró-Israel naquela sala, o que já lhes tinha valido ameaças de extremistas islâmicos. Getty Images