Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Diddy, ex-Puff Daddy, preso por agredir o treinador de futebol do filho

O rapper atacou Jim Mora com uma kettlebell, bola de ferro fundido utilizada para treino muscular.

O rapper norte-americano Diddy, outrora conhecido como Puff Daddy, foi preso ontem à tarde depois de ter agredido o treinador de futebol do filho com uma kettlebell, bola de ferro fundido utilizada para exercícios musculares. Tudo se passou no campus da UCLA (Universidade da Califórnia, em Los Angeles) - Justin Combs, filho de Diddy, é defesa na equipa da universidade. 

Segundo notícia da Rolling Stone, antes da agressão o treinador terá estado a "berrar intensamente" com Justin durante um treino ao qual Diddy assistiu. Uma fonte assegura que o rapper se encontrou, depois, com o homem no seu gabinete, onde o agrediu. 

A notícia foi confirmada no site da universidade: "pouco depois das 12h30 de hoje, Sean Combs (também conhecido como P. Diddy) foi preso no Complexo de Treino Atlético Acosta na UCLA, acusado de agressão com uma arma mortífera, uma kettlebell. Ninguém ficou gravemente ferido e a polícia está a investigar". 

Jim Mora, o treinador agredido, também falou sobre o assunto, num comunicado: "agradeço o nível de profissionalismo da nossa equipa ao lidar com esta situação. Foi um incidente infeliz para todas as partes envolvidas. Enquanto a polícia continua a investigar este assunto, vamos deixar que o processo legal se desenrole naturalmente e abster-nos de fazer mais comentários".