Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Courtney Love teve dúvidas quanto à causa da morte de Kurt Cobain

Um novo livro sobre os Alice in Chains revela pormenores desconhecidos sobre a história da banda de Layne Staley e também sobre o seu amigo Kurt Cobain.

Um novo livro sobre os Alice in Chains, Alice In Chains: The Untold Story, indica que Courtney Love chegou a suspeitar que Kurt Cobain não se tinha suicidado. Após a morte do marido, Courtney Love contactou Jim Elmer, padastro de Layne Staley, tentando falar com o vocalista dos Alice in Chains e amigo de Kurt Cobain. Aparentemente, Courtney Love queria saber se Kurt e Layne tinham estado juntos recentemente, dando a entender não estar satisfeita com o veredicto de suicídio. "Ela deve ter pensado que, como o Cobain e o Layne frequentavam os mesmos círculos - músicos, consumidores de droga e traficantes - ele podia tê-lo visto nos seus últimos dias", escreve-se no livro. Segundo o New York Daily News, o autor do livro conta ainda que Kurt Cobain e Layne Staley fizeram um acordo quando os Nirvana e os Alice in Chain tocaram no Rio de Janeiro: Cobain terá dito que pagava a heroína, se Staley pagasse o transporte da droga para o Brasil. No livro, defende-se que também Layne Staley achou estranho que Kurt Cobain se tivesse suicidado: "Não o conhecia muito bem, mas vi como aquela pessoa vibrante se transformou numa pessoa muito tímida, reservada e introvertida que mal conseguia dizer olá". Kurt Cobain morreu em 1994; passados oito anos, em 2002, também Layne Staley seria vítima de uma overdose, morrendo aos 34 anos. Getty Images