Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Courtney Love sobre Kurt Cobain: "É difícil arranjar um homem melhor. Amo-o e vou amá-lo sempre"

Viúva do vocalista dos Nirvana diz que ver o documentário Montage of Heck com a filha foi "um momento importante" e uma espécie de "cura".

Courtney Love assumiu, em entrevista à revista V que continua a amar Kurt Cobain, mais de 20 anos após a sua morte. A artista falou sobre a sua relação com o líder dos Nirvana, explicando: "estragou-me. Lembro-me da relação sexual, que, como sabem, é o centro de qualquer bom casamento. As outras intimidades quase perdiam importância". 

"Não tenho namorado neste momento, estou solteira", continua Love, "[o documentário Montage of Heck] fez-me reavaliar aquilo que, com 50 anos, quero de uma relação. É difícil arranjar um homem melhor [que o Kurt]. Amo-o e vou amá-lo sempre". 

A viúva de Cobain falou também sobre a experiência de ver Montage of Heck com a filha, Frances Bean Cobain, produtora executiva do filme. "Ver o filme naquela sala com a minha filha foi muito catártico e fiquei muito feliz por passar um tempinho com ele e descobrir aquelas coisas, vê-las e ouvi-las, e descobrir a verdadeira natureza do seu coração", diz Love, "foi um momento importante, que me aproximou da Frances, e penso que é uma espécie de cura para a nossa família e a nossa relação". 

"A Frances, como qualquer filha de um suicida, sempre se perguntou que papel desempenhou no suicídio e por que razão não foi importante o suficiente [para o prevenir]", continua a artista, "o filme toca nisso e, sem dúvida, prova que, fosse qual fosse a idade em que ele começou a falar sobre o assunto, era para esse fim que se dirigia".  

O documentário Montage of Heck vai estrear nas salas de cinema portuguesas no final deste mês: a 23 de abril será exibido no Arrábida Shopping, no Porto, e a 25 de abril passa no El Corte Inglés e no Dolce Vita Tejo, em Lisboa.

Foto Courtney Love: Getty Images