Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Centenas de pessoas despediram-se de Bernardo Sassetti [vídeos]

Figuras da música e da política compareceram à cerimónia na Basílica da Estrela, onde Mário Laginha e Pedro Burmester tocaram. Vendas dos discos de Sassetti subiram.

Um aplauso de mais de cinco minutos coroou a atuação de Mário Laginha e Pedro Burmester na cerimónia pública de adeus a Bernardo Sassetti, na Basílica da Estrela, em Lisboa, no passado sábado. Centenas de pessoas, entre amigos, companheiros de profissão e admiradores, compareceram à cerimónia e assistiram à atuação - na qual participaram também um coro e uma orquestra - que serviu de última homenagem ao pianista português. Rui Veloso e João Gil, a cantora Mayra Andrade, o escritor Gonçalo M. Tavares e o cineasta João Botelho foram algumas das figuras presentes, bem como Pedro Santana Lopes, Francisco Louçã (Bloco Esquerda), o Secretário de Estado da Cultura Francisco José Viegas e Gabriela Canavilhas, pianista e antiga Ministra da Cultura. O funeral de Bernardo Sassetti, que morreu aos 41 anos, depois de cair de uma falésia na zona de Cascais, foi uma cerimónia privada, reservada aos mais próximos do músico e compositor, que deixa de duas filhas. A causa da morte de Sassetti terá sido o afogamento no mar, após a queda. Veja aqui algumas das reações à morte de Bernardo Sassetti: Entretanto, as vendas dos discos de Bernardo Sassetti terão subido após a sua morte, em particular no caso dos discos Motion e Carlos do Carmo & Bernardo Sassetti, os mais procurados nas lojas físicas e também no iTunes. A banda sonora do filme Alice, Nocturno e Índigo estavam também no top dos mais procurados, indica o Público.