Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

CD ao vivo do guitarrista Manuel de Oliveira, Iberia Live grátis com a BLITZ de novembro

Em 2002, o músico de Guimarães estreou-se com Iberia, que revisitou em palco há três anos, na cidade natal, junto de músicos que acompanharam Paco de Lucía - base para Iberia Live, que agora pode ouvir em exclusivo BLITZ. Conheça o CD, faixa a faixa.

Nasceu em Guimarães há 37 anos e tem nas seis cordas a sua paixão. Em 2002, estreou-se com Iberia, que revisitou em palco há três anos, na cidade natal. Iberia Live, que agora pode ouvir em exclusivo BLITZ - é CD grátis com a edição de novembro, dia 30 de outubro nas bancas -, marca o seu reencontro com a excelência de dois músicos que acompanharam Paco de Lucía: Carles Benavent e Jorge Pardo. Em 2016, o trio (devidamente aumentado para garantir outras valências) apresenta-se no Centro Cultural de Belém, em Lisboa, a 28 de janeiro, e na Casa da Música, no Porto, a 30 de janeiro.

Iberia Live, grátis com a BLITZ de novembro, 30 de outubro nas bancas Conheça o disco que a BLITZ edita em exclusivo, faixa a faixa, nas palavras do músico: 1. "Sonido" (depoimento de Jorge Pardo) Os dois depoimentos que se encontram no disco são retirados de um documentário que disponibilizaremos, uma espécie de guia documental que explica o que é o Iberia, contado pelo Carles Benavent, por mim e pelo Jorge Pardo. Não é muito normal ter voz falada num CD, mas pareceu-me coerente. 2. Berço de Alma É um tema que já tem muitos anos. O primeiro em que consigo cruzar uma certa linguagem popular do norte, aquele trinado do malhão, com um compasso diferente. É muito português, tem uma sonoridade muito portuguesa. Foi o Tó Pinheiro da Silva que lhe deu o nome quando estávamos em estúdio a misturar o Ibéria. 3. Chungalí É um tema do Jorge Pardo que é sobre o "el chungo", o mau da pandilha, o gandulo. É um tema muito tropical. Vai-se de Portugal não para Espanha, mas sobretudo para a América Latina. 4. De Perdidos Al Río Do nosso romântico Carles Benavent, mediterrânico e romântico no que faz. Surgiu no final de um disco que ele estava a fazer com o Gil Goldstein. É engraçado porque é um tema muito português. Se pegasse na melodia e se colocasse uma voz de fado a cantar, assentaria bem. 5. Borboletas É a composição mais recente, em parceria com o [pianista] Filipe Raposo. Coincide com o momento romântico em que conheci a minha atual mulher. A alegria que estas coisas me provocam levam-me direitinho à guitarra. 6. Obrigado Paco Saiu em 2002 e é inspirado no flamenco. Queria fazer num compasso 6/8, mas acabei por ser disruptivo para não ser tradicional. Se há tema onde se nota pouco a influência do Paco é nesse, curiosamente. É o Paco com o filtro do Manel. É o meu Paco. 7. Luna de Santiago É do Carles Benavent. Quando fizemos o primeiro concerto, foi sincrónico: eu e o Benavent dissemos que íamos tocar o "Luna de Santiago". É o tema que nos liga enquanto compositores. A composição do Carles e a minha ligação com ele nesse tema reflete a proximidade de influências que possuímos. 8. Ema Fi-lo quando nasceu a minha filha Ema. O nascimento dela provocou-me uma coisinha no coração que me fez logo ir correr para a guitarra. 9. Sanlúcar Mojácar É um tema do Jorge Pardo. O título refere-se a terras da Andaluzia e tem um sabor completamente Pardo, um melodista e um músico incrível. Muito jazzístico, muito intenso. 10. "Iberia" (depoimento de Jorge Pardo) É um depoimento de sobre a ideia de Ibéria, a grande mãe que acolhe todas as culturas. 11. Elixir da Alma Os dois últimos temas estão separados mas a coisa é feita de seguida. "Elixir da Alma" [representa] um caminho que eu faço na minha vida: começa numa coisa negativa e no meio das trevas há uma luz que aparece não se sabe de onde que me faz reanimar a alma - por isso o "elixir". [Reporta-se a] um período difícil, ao qual dou a volta. 12. Emoções da Primavera Um nascimento. Está virado para a luz. É uma libertação. Os temas instrumentais são mais abstratos. O que se diz sobre eles não são legendas, mas hoje se estiver num determinado espírito não o vou tocar. Iberia Live é grátis com a BLITZ de novembro, nas bancas a partir de 30 de outubro. Foto: Rita Carmo/Espanta Espíritos