Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Bob Dylan exige guardas armados no público para concerto de hoje em Itália

O músico pediu um reforço das medidas de segurança, na sequência dos atentados de Paris.

Continuam a sentir-se as ondas de choque dos atentados em França. Foo Fighters, Prince e, naturalmente, os Eagles of Death Metal cancelaram concertos pela Europa fora. Bob Dylan, que atua em Bolonha esta noite, não o fez, mas exigiu que as medidas de segurança fossem reforçadas. O músico norte-americano requisitou a presença de mais doze guardas armados no Teatro Auditorium Manzoni, que serão colocados junto às entradas e saídas do espaço, bem como no palco e no backstage, sendo que alguns poderão mesmo misturar-se com o público. Não só isso, como também vários elementos da polícia local serão dispostos ao longo do perímetro do teatro. De acordo com o director artístico do espaço, Giorgio Zagnoni, esta é a primeira vez que um artista exige medidas tão severas para ali atuar.