Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Baterista dos Jafumega condenado a seis anos de prisão

Álvaro Marques foi julgado por fraude e burla qualificada.

Álvaro Marques, baterista dos Jafumega, foi esta terça-feira condenado a seis anos de prisão pelo tribunal de Albergaria-a-Velha. O músico ter-se-á apropriado de mais de um milhão de euros em subsídios atribuídos à empresa Reficel, onde deteve um cargo administrativo.

Álvaro Marques foi ainda condenado a devolver ao Estado a soma de 1,1 milhões de euros. A juíza encarregue realçou, no acórdão, que o baterista "assumiu a condução de todos os atos e negócios". O processo já decorria há mais de uma década.

Os Jafumega, um dos grupos mais preponderantes do chamado boom do rock português, nos anos 80, regressaram em 2013 para uma série de concertos em Portugal. A banda ainda não se pronunciou sobre o caso, estando marcado um concerto no Cine-Teatro de Estarreja, a 20 de junho. Na bateria dos Jafumega tem estado Ruca Lacerda (baterista de Pluto e guitarrista de Supernada). PAC