Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Dave Grohl

Getty Images

Dave Grohl revela por que razão não cantava nem escrevia canções para os Nirvana

O líder dos Foo Fighters era baterista da banda liderada por Kurt Cobain

Dave Grohl falou sobre o seu tempo nos Nirvana, em entrevista ao canal de televisão CBS, e explicou por que razão não cantava nem escrevia canções para a banda: "não gostava da minha voz, não me considerava um escritor de canções e estava numa banda com o maior escritor de canções da nossa geração. Não queria estragar nada".

"Há aquela anedota famosa: 'qual a última coisa que o baterista diz antes de ser expulso da banda? Rapazes, tenho algumas canções que acho que devíamos tocar'. Portanto, não falei delas a ninguém", acrescenta ainda o músico, "mas havia um conhecido nosso de Seattle que, depois de o Kurt [Cobain] morrer, me escreveu uma carta: 'sei que não sentes isso agora, mas um dia a música vai voltar e vai curar-te".

O músico só se aventurou a mostrar as suas próprias canções quando, em 1995, editou o primeiro álbum, homónimo, dos Foo Fighters. "Quando gravei aquilo que acabaria por tornar-se o primeiro álbum de Foo Fighters nem pensei que fosse um álbum", defende Grohl, "só queria levantar-me e sair para tocar alguma coisa, mesmo que ninguém ouvisse. Andava a gravar canções minhas há muito tempo e não deixava ninguém ouvi-las porque não as considerava muito boas".