Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Rancho do Wyoming fecha as portas a rappers depois da festa do novo álbum de Kanye West

Eventos com "boa música" continuam a ser bem-vindos, diz a proprietária do rancho

A festa de lançamento do novo álbum de Kanye West, "ye", terá alegrado toda a gente - exceto os donos do rancho no Wyoming, EUA, onde esta se realizou.

Em declarações ao website TheBlast, a proprietária do rancho, Jane Golliher, agradeceu a exposição mediática que obteve com a presença de Kanye - mas descreveu o evento como "o mais confuso" que já organizou naquele local.

Instagram

A festa terá tido lugar ao ar livre, após uma mudança de planos de Kanye; segundo Golliher, o rapper "mudava de ideias" de 30 em 30 minutos. O problema com a mudança? As leis locais dizem que o som, nesse caso, não poderia ultrapassar os 80 decibéis - e chegou aos 120.

A proprietária diz ainda ter sido avisada de que Kanye West "faz o que lhe apetece", e forçada a pedir aos proprietários de ranchos ao redor para que não avisassem as autoridades.

Instagram

O valor cobrado a Kanye foi também bastante inferior ao que teria pedido, caso soubesse o quão concorrida e mediatizada seria a festa: 50 mil dólares, cerca de 42 mil e 500 euros.

Apesar de não guardar qualquer rancor para com Kanye, Golliher avisa: os rappers estão, doravante, banidos do seu rancho. Mas, ressalva, eventos com "boa música" continuarão a ser bem-vindos.

Instagram