Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Operação U2: Tudo começou na escola com Larry Mullen Jr

O primeiro capítulo da história da banda irlandesa passou-se em ambiente escolar, em Dublin, quando o baterista tinha apenas 14 anos

Não será o início de banda mais imaginativo de todos os tempos, mas poucos grupos rock se poderão vangloriar de continuarem juntos quatro décadas depois de terem começado a tocar juntos, quando eram ainda miúdos de escola. Em 1976, Larry Mullen Jr., então com 14 anos, resolveu colocar um anúncio no placard da Mount Temple Comprehensive School, em Dublin, dizendo que queria formar uma banda e perguntando se alguém se queria juntar a ele.

“Baterista procura músicos para formar banda”, terá escrito então. “Então, no sábado de 25 de setembro, um estranho grupo de pessoas juntou-se na minha cozinha em Artane. E foi aí que começou”, relembra o músico na biografia publicada no site oficial dos U2.

Mullen ocupou-se da bateria; Paul Hewson (Bono) da voz; David Evans (The Edge) e o irmão mais velho, Dik Evans, da guitarra; Adam Clayton do baixo. Estavam lá, também, outros dois amigos do baterista, Ivan McCormick e Peter Martin, dispensados pouco depois. Diz Mullen que, durante 10 minutos, aquela foi a “Larry Mullen Band”, mas que Bono rapidamente mostrou quem seria o líder.

Na fotografia de grupo tirada na Mount Temple Comprehensive School, vemos Bono e The Edge. O vocalista é o terceiro a contar da esquerda na fila de baixo e o guitarrista surge de gravata e pin ao peito a meio da fotografia

Na fotografia de grupo tirada na Mount Temple Comprehensive School, vemos Bono e The Edge. O vocalista é o terceiro a contar da esquerda na fila de baixo e o guitarrista surge de gravata e pin ao peito a meio da fotografia