Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Quase 19 mil islandeses querem boicotar Eurovisão em Israel

Um grupo de cidadãos islandeses não quer ver o seu país representado na próxima edição da Eurovisão

Quase 19 mil islandeses assinaram uma petição em que pedem um boicote do país à próxima edição do festival da Eurovisão, que se realiza em Israel.

Segundo os signatários da petição, tendo em conta "as violações dos direitos humanos" perpetradas pelo estado de Israel contra o povo Palestiniano", não é possível defender "a participação numa competição glamorosa como a Eurovisão".

Um dos músicos que participaram nas pré-eliminatórias islandesas, Daði Freyr, anunciou já que não irá concorrer à próxima edição do festival, pedindo aos seus colegas músicos que façam o mesmo.

"Não conseguirei participar na diversão que é o festival da Eurovisão de consciência tranquila, sabendo que o estado de Israel e seu exército abusam da violência contra o povo Palestiniano", afirmou, em comunicado.