Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

SuRie

FRANCISCO LEONG Getty Images

Concorrente britânica fala sobre invasão de palco: “Não tive tempo para ter medo”

SuRie, que viu o palco ser invadido durante a final da Eurovisão, contou ter ficado com alguns arranhões

Lia Pereira

Lia Pereira

Jornalista

SuRie, a representante do Reino Unido na final da Eurovisão, deu uma entrevista sobra a invasão de palco que aconteceu enquanto cantava na Altice Arena, no passado sábado.

Fiquei com uns arranhões, mas estou bem”, disse a cantora no programa This Morning.

Sobre a chegada do homem ao palco, SuRie garante que só o viu quando se aproximou de si, para lhe tirar o microfone.

Não tive tempo para ter medo. De repente, ele estava ali e a segurança já o tinha agarrado. Fiquei sem microfone durante uns segundos, mas a canção continuou a tocar, as pessoas no público continuaram a cantar. Entretanto vi o microfone no chão e pensei: vou acabar de cantar a canção”.

Sobre o facto de ter recusado repetir a atuação, SuRie explica: “Falámos sobre isso, mas estava orgulhosa da minha performance. Tinha trabalhado para aquele momento, e nos Jogos Olímpicos também não podemos repetir a corrida dos 100 metros se tivermos o atacador desapertado”.

Garantindo que não esperava ou desejava receber mais pontos por piedade, SuRie mostrou-se grata pelo apoio dos fãs nas redes sociais e lembrou: “O Festival da Eurovisão começou uns anos depois da II Grande Guerra, quando todos estavam a fazer o luto de toda aquela tristeza e daquele medo. E as nações juntam-se para cantar”.

O Reino Unido terminou em antepenúltimo lugar, acima da Finlândia e de Portugal.