Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

“Histórico e lendário”, o concerto de Beyoncé no Coachella de que toda a gente fala

Foram muitos os adjetivos utilizados pela imprensa internacional para descrever o concerto de Beyoncé no festival norte-americano. Veja aqui a atuação completa

O concerto que Beyoncé deu este sábado, no primeiro fim de semana do festival norte-americano de Coachella, está a receber rasgados elogios, não só do público e colegas de profissão como da imprensa internacional.

"Histórica", "lendária", "espetacular" são alguns dos adjetivos utilizados para descrever a atuação da artista, que foi a primeira mulher negra a encabeçar o cartaz de um dos maiores eventos de música mundiais.

Recorde-se que Beyoncé deveria ter atuado na edição do ano passado mas viu-se obrigada a cancelar por estar grávida, sendo substituída por Lady GaGa. Este ano, a artista compensou, tendo feito ensaios diários de 11 horas para levar um espetáculo grandioso, que durou mais de duas horas e contou com mais de 100 bailarinos, ao palco.

Um alinhamento que passou pelos seus maiores sucessos - de 'Crazy in Love' a 'Formation', passando por um medley de temas das Destiny's Child, com a presença das ex-colegas em palco - marcou um espetáculo que contou ainda com a colaboração do marido, Jay-Z, em 'Déjà Vu' e da irmã, Solange, em 'Get Me Bodied'.

Houve ainda tempo para versões: primeiro, 'Lift Every Voice and Sing' de James Weldon Johnson, depois 'Top Off' de DJ Khaled e ainda da remistura de 'Mi Gente', de J. Balvin, em que Beyoncé participa.

O concerto, cujo alinhamento pode ser consultado em baixo, pode ser visto na íntegra, visto que foi transmitido em direto na internet.

'Crazy in Love'
'Freedom'
'Lift Every Voice and Sing' (versão de James Weldon Johnson)
'Formation'
'Sorry'
'Kitty Kat'
'Bow Down / I Been On'
'Drunk in Love'
'Diva'
'***Flawless'
'Top Off' (versão de DJ Khaled)
'7/11'
'Don't Hurt Yourself'
'I Care'
'Partition'
'Yoncé'
'Mi Gente' (versão de J. Balvin)
'Baby Boy' / 'Hold Up' / 'Countdown' / 'Check on It'
'Déjà Vu' (com JAY-Z)
'Run the World (Girls)'
'Lose My Breath' / 'Say My Name' / 'Soldier' (com as Destiny’s Child)
'Get Me Bodied' (com Solange em palco)
'Single Ladies (Put a Ring on It)'
'Love on Top'