Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

O plano dos Arctic Monkeys para evitar revenda de bilhetes de concertos no mercado negro. Resultará?

Os Arctic Monkeys querem evitar ao máximo que os seus fãs sejam prejudicados pelos "candongueiros"

Os Arctic Monkeys anunciaram uma série de medidas que visa acabar com a revenda de bilhetes para espetáculos seus, no mercado negro.

Estas mesmas medidas foram publicadas no website da banda britânica, e surgem pouco após os Arctic Monkeys terem anunciado uma nova digressão pelo Reino Unido, em setembro.

Em primeiro lugar, todos os bilhetes adquiridos irão ter o apelido do comprador impresso - nome esse que não será de forma alguma alterado.

Caso seja adquirido mais do que um bilhete (num máximo de quatro por pessoa), todos os detentores de bilhete deverão comparecer nas salas juntamente com o comprador.

Não só isso, como estes serão obrigados a apresentar, à entrada dos concertos, a sua identificação. Caso não o façam, serão impedidos de entrar na sala.

Se estes mesmos bilhetes acabarem por ser revendidos no mercado negro e não através de plataformas oficiais, tornar-se-ão imediatamente inválidos.

De forma a ajudar os fãs a encontrar bilhetes sem saírem prejudicados, os Arctic Monkeys publicaram, ainda, uma lista com os pontos de venda oficiais.

Recorde-se que a banda britânica regressa este ano a Portugal, atuando no festival NOS Alive a 12 de julho.