Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Salvador Sobral

Salvador Sobral: “Agora que finalmente ganho bem e posso pagar, as pessoas oferecem-me coisas”

Na apresentação do NOS Summer Opening, na ilha da Madeira, Sobral considerou “um bocadinho surreal convidarem-me para estar aqui cinco dias só para dizer quatro palavras”

O vencedor do Festival da Eurovisão 2017, o cantor português Salvador Sobral, vai encerrar o NOS Summer Opening 2018, que decorre no Funchal de 20 a 22 de julho.

Falando sobre a sua primeira deslocação à Madeira, ao seu estilo característico, afirmou: "A mim, parece-me um bocadinho surreal convidarem-me para estar aqui cinco dias, só para dizer estas quatro palavras. Não pagar nada. É incrível". Salvador Sobral acrescentou ser "um bocado estranho", argumentando que "antes ninguém oferecia nada". "Quando eu não ganhava bem, tocava nos bares e hotéis [ninguém oferecia nada], e agora que finalmente ganho e posso pagar, as pessoas oferecem-me coisas", destacou.

Num estilo mais formal, declarou depois estar com muita vontade de voltar aos palcos. "Quero agradecer não só o convite para o festival como o convite para vir aqui", disse Salvador Sobral numa conferência de imprensa que se realizou esta segunda-feira, no Funchal, para apresentação do festival.

Este festival urbano vai na sua sexta edição tem como palco o Parque de Santa Catarina, com vista para a baía do Funchal, sendo composto por um programa com nove concertos. No primeiro dia atuam a brasileira Mallu Magalhães, Mishlawi e Wet Bed Gang, a 21 de julho sobrem ao palco Slow J, Piruka e Richie Campbell, encerrando o dia 22 com o concerto de jazz de Salvador Sobral.