Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Os inenarráveis álbuns-catástrofe de cada ano desde 2000

Uma lista com os piores álbuns de cada ano, desde o início do milénio

A história repete-se todos os anos, por volta do mês de dezembro: inúmeras publicações, jornais e melómanos de todo o mundo juntam-se e divulgam as listas daqueles que consideraram ser os melhores álbuns editados nesse ano em particular.

Porém, o reverso da moeda também acontece, por vezes: listas com aqueles álbuns que não conseguiram granjear mais do que aborrecimento, repulsa ou até mesmo um ódio visceral.

É um exercício que é feito anualmente, por exemplo, pelo website Metacritic, que agrega várias críticas sobre um determinado trabalho e lhes dá uma nota baseada no que de bom (ou mau) se disse sobre ele ao longo do ano.

Não só isso, como os próprios utilizadores do website também podem, eles próprios, dar uma nota a uma determinada obra.

Entre os piores álbuns do ano, seguindo os critérios do Metacritic, desde o ano 2000 estão vários nomes bem conhecidos do grande público, como Enya, Phil Collins, Limp Bizkit, Stooges ou Justin Timberlake - cujo Man of the Woods, editado em fevereiro, é considerado para já como o pior álbum de 2018.

Eis os piores álbuns desde o ano 2000, segundo o Metacritic:

2000: Enya, A Day Without Rain
Nota dos críticos: 41/100
Nota do público: 8.5/10

2001: Run-DMC, Crown Royal
Nota dos críticos: 43/100
Nota do público: 4.3/10

2002: Phil Collins, Testify
Nota dos críticos: 34/100
Nota do público: 6.3/10

2003: Limp Bizkit, Results May Vary
Nota dos críticos: 33/100
Nota do público: 4.1/10

2004: Dirty Vegas, One
Nota dos críticos: 35/100
Nota do público: 2.1/10

2005: Alanis Morissette, Jagged Little Pill Acoustic
Nota dos críticos: 40/100
Nota do público: 6.0/10

2006: Kevin Federline, Playing With Fire
Nota dos críticos: 15/100
Nota do público: 2.2/10

2007: The Stooges, The Weirdness
Nota dos críticos: 44/100
Nota do público: 5.7/10

2008: Louis XIV, Slick Dogs and Ponies
Nota dos críticos: 37/100
Nota do público: 5.9/10

2009: Chris Brown, Graffiti
Nota dos críticos: 39/100
Nota do público: 5.1/10

2010: Lil Wayne, Rebirth
Nota dos críticos: 37/100
Nota do público: 3.0/10

2011: Viva Brother, Famous First Words
Nota dos críticos: 34/100
Nota do público: 2.7/10

2012: Chris Brown, Fortune
Nota dos críticos: 38/100
Nota do público: 3.4/10

2013: Megadeth, Super Collider
Nota dos críticos: 41/100
Nota do público: 5.5/10

2014: Jennifer Lopez, A.K.A.
Nota dos críticos: 44/100
Nota do público: 5.4/10

2015: Matt And Kim, New Glow
Nota dos críticos: 52/100
Nota do público: 5.1/10

2016: Charlie Puth, Nine Track Mind
Nota dos críticos: 37/100
Nota do público: 4.4/10

2017: The Chainsmokers, Memories: Do Not Open
Nota dos críticos: 43/100
Nota do público: 1.8/10

2018: Justin Timberlake, Man of the Woods
Nota dos críticos: 55/100
Nota do público: 5.5/10