Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Talvez não saiba mas estes 12 artistas já participaram no Festival da Canção

De Jorge Palma aos Trabalhadores do Comércio, de Toy a Ágata, do “Avô Cantigas” à atriz Rosa do Canto... não esquecendo um muito jovem António Antunes (quem? Tony Carreira)

Ao longo de 52 edições do Festival RTP da Canção foram muitas as participações que o tempo apagou... Mas há também canções esquecidas que foram defendidas por caras que já eram ou viriam a tornar-se bem conhecidas. É o caso de Nicolau Breyner, Marina Mota, Jorge Palma, Marco Paulo, Toy e até Tony Carreira.

No dia em que se realiza a edição de 2018 do festival, escolhemos 12 canções "inesperadas" de outros tempos:

1968: Nicolau Breyner - "Pouco Mais - 4º lugar

1975: Jorge Palma (com Fernando Girão) - "Pecado (do) Capital" - 7º lugar

1980: Carlos Alberto Vidal (o "Avô Cantigas" nos anos 80) - "Um Girassol no Olhar" (não foi apurado para a final)
Já havia participado na edição de 1979

1980: Rosa do Canto - "Música Suave" - 5º lugar

1980: António Sala (com Alexandra) - "Uma Razão de Ser" - 4º lugar
Voltaria em 1984

1982: Ágata (enquanto Fernanda) - "Vai Mas Vem" - 10º lugar

1982: Marco Paulo - "É o Fim do Mundo" - 11º lugar

1985: Nelo Silva - "Entre Céu e Mar" - 9º lugar
Nos anos 90 encetaria um duo com a filha Cristiana, Nelo Silva & Cristiana, nos meandros da música popular

1986: Trabalhadores do Comércio - "Os Tigres de Bengala" - 2º lugar

1988: António Antunes (futuro Tony Carreira) - "Uma Noite a Teu Lado" - 7º lugar
Voltaria em 1992

1989: Marina Mota - "Partir de Mim" - 2º lugar

1991: Toy - "Até Quando" - 6º lugar
Já tinha estado na edição de 1990

E um bónus: Tony Carreira (já Tony Carreira) em 1992:

1992: Tony Carreira - "Romântico e Sonhador" (não foi apurado para a final)