Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Diogo Piçarra passou à final como grande favorito, tendo recebido pontuação máxima quer do júri quer do público com "Canção do Fim"

Foto cedida pela RTP

Diogo Piçarra desiste do Festival da Canção

Depois de acusações de plágio, o concorrente mais bem posicionado para vencer o Festival da Canção resolveu desistir da corrida

Diogo Piçarra desistiu do Festival da Canção, no seguimento de acusações de plágio da canção, 'Canção do Fim', com a qual concorria ao concurso de onde sairá o representante português na Eurovisão. O cantor anunciou a sua decisão há poucos momentos numa mensagem publicada no Facebook.

"A toda esta família, informo que decidi terminar a minha participação no Festival da Canção", começa por escrever Piçarra, "não existem palavras para agradecer todo o apoio e carinho que tenho recebido nas últimas 24 horas de colegas de profissão, amigos, família e fãs".

O cantor torna a dizer que se mantém de "consciência tranquila e cabeça erguida" mas que não quer "alimentar mais esta nuvem". "Tudo isto que se criou em torno da minha participação, já não é Música", continua, antes de dizer que se sentiria muito orgulhoso em poder "representar o meu país num concurso como a Eurovisão, mas já não faz sentido nenhum sequer tentar ganhar essa oportunidade".

A terminar, o cantor diz ainda que a sua "carreira e vida não dependem disto": "só depende de vocês e nesse sentido sei que estarei para sempre bem acompanhado", deixando ainda um desejo: "espero que saia do Festival da Canção o próximo vencedor da Eurovisão 2018, e estarei aqui, como todos os portugueses, a aplaudir de pé".

Recorde-se que 'Canção do Fim' foi apurada para a final do Festival da Canção na segunda semifinal do concurso, no passado domingo, com a pontuação máxima: 12 pontos do júri e 12 do público. No dia seguinte, surgiram as acusações de plágio devido às semelhanças com 'Abre os Meus Olhos', um cântico da Igreja Universal do Reino de Deus.