Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Catarina Miranda, aka emmy curl, no Festival da Canção

José Cid, Jorge Palma e JP Simões fora do festival, estreantes Beatriz Pessoa e Joana Barra Vaz apuradas

A noite sorriu aos artistas mais jovens, tendo-se apurado para a final do Festival da Canção os debutantes Janeiro, Beatriz Pessoa ou Catarina Miranda (emmy curl, na foto)

Lia Pereira

Lia Pereira

Jornalista

Na primeira eliminatória do Festival da Canção, vários dos autores mais consagrados acabaram por não se apurar para a final.

Foi o caso de José Cid, que ao certame levou 'O Som da Guitarra é a Alma de um Povo', mas também de Jorge Palma, autor de 'Sem Medo', cantada por Rui David.

JP Simões, que pela primeira vez se apresentou a concurso no Festival da Canção, também viu a sua 'Alvoroço' ficar pelo caminho. Samuel Úria, que no ano passado já escrevera uma canção para as Golden Slumbers, foi autor, este ano, da letra de 'Austrália', cantada por Bruno Vasconcelos, e também não conseguiu pontos suficientes para assegurar um lugar na final.

Por outro lado, os jovens Janeiro, com uma canção sem título da sua própria autoria; Catarina Miranda, aka emmy curl, cantando Júlio Resende; Beatriz Pessoa, com um original da brasileira Mallu Magalhães; Joana Barra Vaz, com um tema de Francisca Cortesão, aka Minta, e Afonso Cabral, e Joana Espadinha, cantando Luís Nunes, aka Benjamim, apuraram-se para a grande final.

Foi assim uma noite marcada pelas vitórias no feminino, onde se destaca também a bem conhecida Anabela, com uma composição de Fernando Tordo e Tiago Torres da Silva, e o fadista Peu Madureira.

Saiba tudo sobre a final aqui.