Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

James Hetfield dos Metallica na primeira pessoa: “de onde vem a minha raiva”

O vocalista e guitarrista dos Metallica explicou porque motivo é a sua música tão furiosa

O vocalista e guitarrista dos Metallica, James Hetfield, explicou à organização do Polar Music Prize - considerado o "Nobel" da música e que, este ano, será entregue os Metallica - as origens de toda a raiva presente nas suas letras e na sua obra.

"Creio que essa raiva vem das minhas origens, de uma sensação de não se ser ouvido, de ser manipulado. Provavelmente, há um adolescente algures em mim que ainda está a tentar resolver alguns problemas do passado - os pais, o crescimento, coisas assim", explicou.

"Há isso, mas creio que muita dessa raiva é uma forma de defesa; quando os meus filhos me assustam, ou quando alguém me faz cócegas, zango-me. É a minha reação primária a muitas coisas. Não sei porquê. Há quem ria quando se sente nervoso".

A sua carreira enquanto músico pode, por isso, ser encarada como uma forma de terapia pessoal. "Saber que há outras pessoas que sentem o mesmo que eu é muito reconfortante", afirmou. "A ligação com o nosso público é extremamente importante. São o quinto membro da banda, como lhes chamamos".

"Gosto de poder vê-los a libertar aquilo que precisa de ser libertado. Eles vêem-nos tocar ao vivo, eu vejo-os a transformarem-se e a juntarem-se, a tornarem-se numa família. É maravilhoso", concluiu.