Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

José Cid e Gonçalo Tavares

José Cid retira sobrinho do Festival da Canção e vai cantar sozinho

Desentendimento entre tio e sobrinho em torno de canção que irá concorrer ao festival

José Cid afastou o sobrinho, Gonçalo Tavares, da canção "O Som da Guitarra É a Alma de Um Povo", com a qual o duo deveria concorrer ao Festival da Canção.

Segundo o site da N-TV, revista de televisão do DN e JN, os dois estiveram em estúdio, mas não se entenderam a nível artístico. José Cid, autor da canção, avançará sozinho na primeira meia-final do certame, a 18 de fevereiro.

“Houve pouca abertura por parte do meu sobrinho para dialogar sobre o que podíamos fazer com a música. A decisão de nos separarmos foi minha. Foi apenas uma decisão estética”, revelou José Cid. “O meu sobrinho é um cantor que vem de uma vertente pop e não se conseguiu adaptar à minha ideia estética e vocal”, acrescentou. Cid caracteriza a sua canção como "simples" e "muito portuguesa".

Ouça aqui um excerto: