Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Velório de Dolores O'Riordan

Getty Images

“A canção acabou mas as memórias ficam”. O adeus de Limerick, na Irlanda, a Dolores O'Riordan

A vocalista dos Cranberries morreu na semana passada, aos 46 anos. Milhares de pessoas acorreram ao seu velório

Milhares de fãs dos Cranberries e de Dolores O'Riordan juntaram-se este domingo na cidade irlandesa de Limerick, terra natal da cantora, para assistir ao seu velório.

A cidade declarou três dias de luto, tendo o corpo de Dolores O'Riordan sido exposto em caixão aberto na igreja de St. Joseph, para que os fãs se pudessem despedir da cantora.

A igreja foi decorada com rosas brancas e com fotografias da artista que a mostram em palco ou na presença do Papa João Paulo II, com quem se encontrou por duas vezes, no Vaticano.

O caixão da cantora foi acompanhado pela sua mãe, Eileen, e pelos seus seis irmãos. Durante o velório, foram escutados alguns temas da autoria de Dolores O'Riordan.

Marcaram também presença altas figuras da República da Irlanda, como o antigo Ministro da Defesa, Willie O'Dea, e o antigo Ministro da Educação, Jan O' Sullivan.

Segundo o Bispo de Limerick, Brendan Leahy, o velório serviu para que a cidade "se despedisse publicamente" da cantora. "Viemos cumprimentar, de forma emocionada, uma filha de Limerick muito amada e estimada. À medida que passamos pelo seu caixão, oremos por ela, pela sua família, e por aqueles que ela amou e ajudou ao longo da sua vida", continuou.

Velório de Dolores O'Riordan

Velório de Dolores O'Riordan

Getty Images

Junto ao caixão, os seus colegas nos Cranberries deixaram um arranjo floral onde se podia ler "a canção acabou, mas as memórias ficam". O corpo de Dolores foi posteriormente transportado para uma casa funerária. O enterro terá lugar esta terça-feira.

A voz dos Cranberries faleceu no passado dia 15 de janeiro, aos 46 anos, desconhecendo-se ainda as causas da sua morte. Os resultados da autópsia deverão ser conhecidos em abril.