Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Zé Pedro na capa da BLITZ de janeiro de 2018, já nas bancas

A merecida homenagem a Zé Pedro, o carismático fundador dos Xutos & Pontapés, falecido no final de novembro. Ao longo de 22 páginas, publicamos a versão integral, até agora inédita, da entrevista de vida que o músico nos deu em 2016, enriquecida por imagens de vida e carreira. Ainda naquela que é a derradeira edição da revista em formato papel, os melhores de 2017; o último adeus a Chuck Berry, Chris Cornell, Chester Bennington e Charles Bradley, entre outros; entrevistas a Killers e Franz Ferdinand. Grátis 2 CDs

Zé Pedro: para sempre. Na capa da BLITZ de janeiro de 2018, já nas bancas.

BLITZ de janeiro de 2018

BLITZ de janeiro de 2018

Homem do leme dos Xutos & Pontapés, uma das figuras mais queridas do rock nacional e dono de uma história de vida impressionante. No verão de 2016, a propósito do seu 60º aniversário, José Pedro Amaro dos Santos Reis recebeu os jornalistas Lia Pereira e Rui Miguel Abreu para uma conversa que foi da infância em Timor às maiores proezas pessoais e com a sua banda de sempre. Agora que Zé Pedro nos deixou, recordamos a sua abertura e generosidade, publicando a versão integral, até agora inédita, da longa entrevista. E acrescentamos-lhe - ao longo de 22 páginas - várias imagens do homem e do músico, da infância até à atualidade. Já temos saudades.

Em destaque nesta edição da BLITZ, a habitual eleição dos Melhores do Ano. Toda a equipa da BLITZ votou nos seus favoritos de 2017, no que toca a álbuns internacionais e nacionais, bem como as mais destacadas reedições. Conheça também os balanços anuais de colunas fixas como Psych & Folk, Metais Pesados, Mondo XXI e Jazz & Grooves. E aqueles que consideramos o fenómeno, o acontecimento e o concerto do ano.

2017 viu desaparecer lendas e veteranos, rockers de primeira linha e uma enorme voz da soul. Além de Zé Pedro, figuras como Chuck Berry, Chris Cornell, Chester Bennington, Tom Petty, Malcolm Young e Charles Bradley partiram debaixo do aplauso dos fãs. E nós vamos recordá-los.

Os Killers estão de volta. 14 anos depois de inscrever o seu nome, em néon, na história do rock do século XXI, a banda norte-americana atravessa uma das fases mais fraturantes de sempre. Mário Rui Vieira falou com Brandon Flowers em Leeds, Inglaterra, sobre o novo álbum, o futuro dos Killers e o regresso a Portugal para um concerto no Rock in Rio-Lisboa.

Os Franz Ferdinand são uma banda nova. De volta com o primeiro álbum desde 2013, e com dois novos músicos a bordo, os escoceses sentem-se no início de uma nova era. Em Londres, Lia Pereira falou com Alex Kapranos e o novo recruta, Julian Corrie, sobre Always Ascending, o álbum que aí vem, e sardinhas assadas.

Para os Metallica a tradição ainda é o que era. Em 2018, cumprem-se 25 anos sobre o primeiro concerto dos reis do metal em Portugal, efeméride assinalada (não oficialmente) com um concerto em Lisboa, no próximo mês de fevereiro. Rui Miguel Abreu explica o que têm feito nos últimos tempos James, Lars, Kirk e Robert, e desvenda o que aí vem.

Bono conta como se fez Songs of Experience, o novíssimo álbum dos U2. "Quando o mundo muda, mudas com ele. Não queria cantar agora sobre o bug do ano 2000".

A não perder nesta revista, 22 Grandes Prendas de Natal com música dentro. As edições luxuosas que vale a pena ter por perto, as caixas especialíssimas, os objetos indispensáveis e as comemorações que importa assinalar. Um verdadeiro banquete para os amantes de música.

Os grandes concertos de 2018, as listas de melhores do ano lá fora e a música que já sabemos que vamos ouvir em 2018 são alguns dos assuntos abordados nesta revista, onde também entrevistamos os Ermo, banda de Braga que gravou um dos melhores álbuns de 2017 entre nós.

Novos álbuns de Björk, U2 e Legendary Tigerman estarão sob análise naquela que é a última edição da BLITZ em suporte papel. O futuro será pensado em torno das plataformas digitais e suportes audiovisuais - as edições em papel da BLITZ não desaparecerão; terão, porém, lugar em números especiais, destinados a celebrar certas datas, ocasiões e efemérides.

A BLITZ de janeiro de 2018 já está nas bancas e tem como preço €4,90. Inclui grátis 2 CDs BLITZ de um painel de edições BLITZ que inclui títulos de More Than a Thousand, Mundo Segundo e UHF, entre outros.

  • BLITZ: Começar outra vez

    Opinião

    A próxima edição da BLITZ é a última em formato de revista. A aposta incidirá, de ora em diante, nos conteúdos produzidos para as plataformas digitais e em suportes audiovisuais - é aí que se encontra a esmagadora maioria dos nossos leitores e é aí que estaremos. Mas o papel não acabará: estão previstas pelo menos três edições especiais nesse suporte durante 2018