Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Getty Images

Charlie Sheen nega ter violado o falecido ator Corey Haim, quando este tinha 13 anos

Charlie Sheen foi acusado de ter violado Corey Haim durante as filmagens de Lucas

Charlie Sheen negou de forma "categórica" ter violado o falecido ator Corey Haim, quando este tinha apenas 13 anos.

A acusação partiu do antigo ator Dominick Brascia, que contou ao tablóide National Enquirer que Haim, em vida, lhe confidenciou ter sido abusado sexualmente por Sheen durante as filmagens de Lucas, filme de 1986. À altura, Charlie Sheen tinha 19 anos.

O incidente é descrito na autobiografia do ator Corey Feldman, estrela juvenil do cinema norte-americano e antigo amigo de Corey Haim, editada em 2013.

Segundo Feldman, Haim ter-lhe-á revelado ter sido abusado durante as filmagens de Lucas, por "um homem adulto" que "o convenceu de que era perfeitamente normal homens e rapazes deste meio terem relações sexuais". O incidente descrito na autobiografia do ator Corey Feldman, antigo amigo de Corey Haim, editada em 2013.

O próprio Dominick Brascia chegou a ser acusado de ser o "homem adulto" não identificado na autobiografia de Feldman, acusações que rejeitou à conversa com o National Enquirer.

Corey Haim morreu em 2010, aos 38 anos, vítima de uma pneumonia.