Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Esta é a canção dos Led Zeppelin que Robert Plant se arrepende de ter cantado

"Devia ter ficado de bico fechado", diz o lendário vocalista dos Led Zeppelin

Robert Plant, o vocalista dos Led Zeppelin por excelência, falou recentemente ao jornal britânico The Guardian sobre a sua carreira - e deixou no ar a ideia de que nem tudo na banda merece um lugar no panteão do rock.

O exemplo dado por Plant foi o de "Babe I'm Gonna Leave You", um original da cantora folk norte-americana Anne Bredon que se tornou numa das canções mais populares dos Led Zeppelin.

Incluída no primeiro álbum, homónimo, da banda britânica em 1969, "Babe I'm Gonna Leave You" foi relembrada por Plant devido àquilo que o próprio considera serem maus motivos.

"Percebi que uma abordagem dura, máscula, ao canto não era aquilo que [o rock] significava. Tipo a 'Babe I'm Gonna Leave You'... Hoje em dia acho a minha prestação horrível. Devia ter ficado de bico fechado!", afirmou.

Plant abordou, ainda, os seus primeiros passos no mundo do rock, nomeadamente a primeira vez que entrou num estúdio. Aconteceu em 1966, quando era membro dos Listen, banda que editou apenas um single ("You Better Run") e que não ficou para a história.

"Lembro-me do orgulho, da excitação, do medo; entrar num estúdio e ver tipos contratados para me ver cantar. Estava muito nervoso", confessa.

"Ali estava eu, no meio de tudo aquilo, a tentar criar um estilo, inspirado por cantores soul negros e por heróis pessoais como o Steve Marriott. Um rapaz de voz anasalada. Hoje em dia acho divertido", rematou.