Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

DR

Esta editora está a reduzir custos ao editar álbuns em... papel

Uma editora canadiana encontrou uma forma original de lançar a sua música

A Pentagon Black é uma editora canadiana independente que encontrou uma forma original de editar a sua música e, no processo, reduzir os seus custos: fazê-lo em papel.

Raymond Biesinger e Drew Demers, também membros da banda punk The Famines, tiveram esta ideia ao constatar que, no caso de muitas editoras, os formatos físicos dos álbuns que estas lançavam eram apenas um pretexto para os utilizadores terem acesso a um código dos discos para download.

Por outras palavras, estes objetos - cassetes ou vinis - passavam a ser apenas simbólicos, já que os compradores preferiam escutar os discos em formatos digitais.

Biesinger e Demers decidiram, então, passar a imprimir cartazes ou posters relativos aos seus lançamentos com o código para download impresso nos mesmos. "Em vez de ter uma coisa com o download dentro de outra coisa, temos um pedaço enorme de papel belíssimo", explicam.

Estes "LPs de papel" são, evidentemente, uma forma de correr menos riscos com os seus investimentos. "Pode soar estranho a alguns puristas, [mas] permitiu-nos ter uma nova vida", justificam. Até agora, a Pentagon Black editou já várias compilações de bandas canadianas underground, o que lhes permitiu de igual forma levar algumas delas em digressões pelo país.