Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Novo álbum dos Killers influenciado pelo stress pós-traumático da mulher de Brandon Flowers: “Ela teve pensamentos suicidas”

Vocalista da banda norte-americana explica que teve de cancelar uma digressão a solo em 2015 devido aos problemas psicológicos da mulher

Brandon Flowers, vocalista dos Killers, revelou em entrevista à revista Q que o novo álbum da banda, intitulado Wonderful Wonderful, é largamente influenciado pelo transtorno grave de stress pós-traumático da mulher, Tana Mundkowsky.

O artista começa por confessar que se viu obrigado a cancelar uma digressão a solo em 2015 devido à condição da mulher, que apresentava, à época, "pensamentos suicidas" e nunca teria superado o problema se não tivesse tido tratamento.

Flowers explica que o problema de Tana é mais complexo do que o transtorno de stress pós-traumático simples: "o que separa o PTSD complexo de outra formas é que envolve vários eventos traumáticos. A causa não é apenas uma. Aconteceram-lhe muitas coisas. Não percebia isso antes. Nunca teríamos superado isto se ela não tivesse tido ajuda".

"Ajudou-me a perceber o que ela estava a passar porque consegui colocá-lo por palavras", explica ainda o músico, falando sobre as canções do novo disco, "muitas relações terminam quando estas coisas acontecem. Tive de dissecar tudo, enquanto escritor de canções".

Wonderful Wonderful foi antecipado pelos singles "The Man" e "Run for Cover" - veja o vídeo abaixo.