Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Promotora de espetáculos Live Nation processada por negligência devido à morte de uma mulher

Em causa está uma morte motivada por overdose de droga

A promotora de espetáculos Live Nation foi recentemente processada devido a uma overdose de droga, ocorrida num dos festivais de música que organiza.

O caso remonta a 2016, quando Roxanne Ngo, uma jovem norte-americana que esteve no festival HARD Summer Music em Fontana, Califórnia, faleceu devido a uma overdose de MDMA.

Os pais de Ngo estão agora a processar a promotora, alegando negligência da parte desta e responsabilizando-a pela morte da sua filha.

Isto porque, segundo alegam, o festival poderia ter evitado a morte caso estivesse melhor preparado para tratar eventuais overdoses de droga. Não só isso, como ainda dizem que o HARD Summer Music estava "sobrelotado", o que se traduziu em "polícia, segurança, equipas médicas e água potável insuficientes".