Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Taylor Swift em tribunal: “Ele apalpou o meu rabo, por baixo da saia”

Continua o caso que opõe a cantora a um radialista, o qual acusa de assédio sexual

Taylor Swift deslocou-se até um tribunal de Denver, na quinta-feira, para apresentar o seu testemunho no julgamento que a opõe a David Mueller, um radialista norte-americano, o qual acusa de assédio sexual.

A cantora alega ter sido apalpada por Mueller, por baixo da saia, durante um meet and greet, em 2013. "Foi um apalpão, um apalpão longo. Ele apalpou o meu rabo por baixo da saia", afirmou.

O radialista nega todas as acusações, dizendo ter-se tratado de um "acidente", versão que Swift rejeita: "O que ele fez foi muito intencional", comentou.

Mueller acabou por ser despedido devido ao caso, o que motivou uma ação judicial sua contra a cantora. Esta respondeu agora em tribunal, dizendo não ter qualquer reação em relação a essa notícia. "Não vou permitir que você ou o seu cliente me façam sentir que isto é culpa minha porque não é", respondeu ao advogado de Mueller.

Esta batalha legal, que já dura há dois anos, deverá chegar a uma conclusão na próxima semana. A cantora pede uma indemnização simbólica de um dólar, querendo que o caso sirva de "exemplo para outras mulheres que possam resistir publicamente a reviver atos humilhantes e chocantes similares".