Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

José Cid reage ao 'sample' de Quarteto 1111 no álbum de Jay-Z: “Não hei de comprar um Rolls Royce às custas disso”

O cantor e compositor português que figura nos créditos do novo álbum do rapper americano Jay-Z, ao lado de Tozé Brito, afirma à BLITZ que está contente, mas tem mais em que pensar

José Cid figura nos créditos de "Marcy Me", novo tema do álbum 4:44, de Jay-Z, ao lado de Tozé Brito, sendo co-autor da canção dos Quarteto 1111 que o produtor No I.D. samplou.

Sobre os proveitos que a exposição "estelar" que lhe confere, Cid é pragmático: "Não espero comprar um Rolls graças a isso. Sei que o Tozé Brito e a Sociedade Portuguesa de Autores estão em cima da situação, por isso estou bem mais concentrado no meu novo álbum que sairá em setembro".

O músico português soube que o rapper americano desejava usar um excerto de "Todo Mundo e Ninguém" através da Valentim de Carvalho, a editora original do single de 1970 em que a canção em causa figurava. "Estou muito contente, claro, mas gosto mais do James Taylor do que do Jay-Z. O tipo de música que eu faço não deve ser muito do agrado dele, talvez as coisas mais jazzísticas, agora o James taylor sei que é fã".

Sobre o universo hip-hop em que Jay-Z se movimenta, José Cid confessa gostar "do lado poético quando há objeção de consciência". "Gosto do Gabriel o Pensador, por exemplo, do lado interventivo das letras dele. E sei que há gente no hip-hop português que tem samplado o 10.000 Anos Depois Entre Vénus e Marte [disco de Cid lançado em 1978] e coisas minhas mais pop", acrescenta. "Agradeço e fico sensibilizado com isso. É sinal de que o hip-hop também vê alguma rebeldia na minha criatividade", conclui.

Também Tozé Brito falou com a BLITZ sobre a inclusão do excerto da canção dos Quarteto 1111 na penúltima faixa do novo álbum de Jay-Z. "O pedido apareceu na SPA há umas seis semanas, demos logo autorização, negociámos uma percentagem... simpática. E recebemos à cabeça uma verba simbólica", esclareceu.

Ouça aqui um excerto do tema de Jay-Z:

E o original do Quarteto 1111: