Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Agnes Obel

Agnes Obel estreia-se em Portugal no domingo: “Houve períodos em que apenas sobrevivi. Não tinha energia para a música”

Artista dinamarquesa vem a Lisboa apresentar o álbum Citizen of Glass, editado no ano passado. Leia aqui as declarações à BLITZ

A dinamarquesa Agnes Obel vai estrear-se em Portugal este domingo com um concerto no Teatro Tivoli BBVA, em Lisboa. A artista traz consigo o terceiro álbum, Citizen of Glass, para apresentar. O início do concerto está marcado para as 21h30 e os bilhetes custam entre €20,00 e €35,00.

"Nunca estive em Portugal antes, mas tenho três amigos que se mudaram para Lisboa recentemente", explicou a artista em entrevista à BLITZ, "estou muito curiosa. Ouvi coisas muito boas e parece-me uma cidade muito bonita, portanto estou muito entusiasmada com este concerto".

Sobre a sua carreira musical, que começou em 2010 com o álbum de estreia Philharmonics, a Obel explicou: "não sei bem o que quero da música, se é que quero alguma coisa. Sei apenas que preciso dela. Houve períodos da minha vida em que apenas sobrevivi. Não tinha energia para a música. Quando consigo expressar-me desta forma é quando a minha vida está numa fase boa. Sinto-me muito sortuda por viver disto, de algo que me deixa muito feliz".

Quanto a Citizen of Glass, a artista explica que saiu de um processo de composição muito diferente dos anteriores. "Não queria repetir-me. Já tinha gravado dois álbuns para os quais simplesmente escrevi canções de que gostei", diz, "quis evitar a repetição e empurrar-me para outros territórios. Não foi fácil, tive de experimentar muito e foram muitas sessões de gravação… Deitei muita coisa fora, andei parra trás e para a frente com as demos".

Veja abaixo o vídeo de "Golden Green", um dos singles retirados do álbum.