Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Creative Commons

Os mortos mais rentáveis da música no último ano

Há vários artistas que continuam a valer fortunas mesmo depois da morte

A morte vende. É essa a principal conclusão da Forbes, que emitiu a lista das celebridades mortas que mais dinheiro renderam ao longo do ano de 2016.

O primeiro lugar da lista coube a Michael Jackson. Sete anos após a sua morte, o Rei da Pop somou algo como 737 milhões de euros, muito acima da demais concorrência - o que se explica pela venda dos direitos que detinha sobre a música de artistas como os Beatles, à Sony.

Mais abaixo estão Elvis Presley, que garantiu em 2016 cerca de 24 milhões de euros, Prince, com 22 milhões de euros, e Bob Marley, com perto de 19 milhões de euros.

Do top 10 fazem ainda parte John Lennon (perto de 11 milhões de euros) e David Bowie (9 milhões).