Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Noel Gallagher redime-se da ausência de Manchester, com uma ajudinha de Chris Martin, dos Coldplay

O ex-Oasis havia sido muito criticado pelo irmão, Liam, por não ter feito parte do concerto de domingo

Noel Gallagher doou os royalties obtidos com "Don't Look Back In Anger", canção dos Oasis, ao fundo de apoio às vítimas do atentado ocorrido em Manchester, há semanas.

A canção tornou-se numa espécie de "hino" da cidade após os ataques, tendo sido interpretada pelos Coldplay no passado domingo, durante o espetáculo de caridade organizado por Ariana Grande.

A notícia surge após Noel Gallagher ter sido bastante criticado pelo seu irmão, Liam, por não ter marcado presença neste mesmo espetáculo. "És um triste", afirmou o vocalista, nas redes sociais.

No entanto, Gordon Smart, apresentador do evento, explicou à Radio X que Noel decidiu oferecer os royalties da canção muito antes de ser anunciado qualquer evento de caridade.

Também os Coldplay colocaram alguma água na fervura, agradecendo a Noel por lhes ter "emprestado" as suas canções. Para além de "Don't Look Back In Anger", a banda britânica interpretou igualmente "Live Forever" com Liam Gallagher.

"Todos sabíamos que não irias conseguir lá estar em corpo, por isso obrigado por teres estado em espírito", escreveram, nas redes sociais, agradecendo também a Liam por ter sido "fantástico".