Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Músicos e atores reagem à saída dos Estados Unidos do Acordo de Paris

Katy Perry, Cher e Leonardo DiCaprio são algumas das celebridades que mostraram a sua indignação

Lia Pereira

Lia Pereira

Jornalista

Ontem, Donald Trump, presidente dos Estados Unidos, confirmou que o país irá abandonar o acordo climático de Paris.

Nas redes sociais, várias celebridades manifestaram o seu descontentamento com a decisão de um dos países mais poluentes do mundo.

Katy Perry escreveu: "Peço-lhe com humildade que pense nos seus filhos, nos filhos deles e nos filhos de toda a gente, que terão de viver com os resultados desta decisão".

Para Cher, há "milhões" de norte-americanos às mãos de "um ditador louco. Ele destrói os valores americanos e admira assassinos".

Conhecido pelo seu ativismo ambiental, o ator Leonardo DiCaprio lembrou: "Hoje, o nosso planeta sofreu. Mais do que nunca, é importante agirmos".

Para o cantor John Legend, entrevistado na BLITZ de junho, já nas bancas, Donald Trump é "uma vergonha nacional e tem de ser parado", e para o ator Mark Ruffalo o presidente norte-americano terá "a morte de países inteiros nas suas mãos, se isto se confirmar".

Pode saber mais sobre o Acordo de Paris aqui.