Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Getty Images

“Chris Cornell foi o melhor escritor de canções de Seattle”, diz baixista dos Pearl Jam

Jeff Ament, que tocou com Chris Cornell nos Temple of Dog, elogiou o seu talento

Lia Pereira

Lia Pereira

Jornalista

Jeff Ament, baixista dos Pearl Jam, falou publicamente sobre Chris Cornell.

O músico norte-americano, que tocou com Chris Cornell nos Temple of the Dog, afirmou: "Contando com o Jimi Hendrix, o Chris foi o maior escritor de canções que alguma vez saiu de Seattle. O Hendrix tocava guitarra que se fartava, mas o Chris tem aquele talento no songwriting que todos desejamos... Conseguia aplicar melodia a tempos esquisitos e fazer com que tudo soasse orelhudo. E era um belo artesão das palavras".

Para Jeff Ament, os problemas de Chris Cornell com a depressão estavam bem evidentes nas suas letras. "Penso que também era por isso que as pessoas, eu incluído, reagiam ao que ele cantava. E depois tinha aquela voz. Há poucas pessoas com tantas opções, no que toca à voz. Com aquela voz, podia encarnar muitas personagens diferentes. Tive muita sorte por poder estar num projeto com ele e ver como ele era grande", disse o baixista num podcast da NBA.

Chris Cornell morreu a 18 de maio, aos 52 anos.