Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

LCD Soundsystem no Vodafone Paredes de Coura

Rita Carmo

O quê?! Já chegou a nostalgia dos anos 00?

Várias das figuras pop surgidas no início do milénio estão agora a experienciar um revivalismo

O regresso dos LCD Soundsystem. Uma digresão dos Interpol em torno do seu álbum de estreia, Turn On the Bright Lights, de 2002. Musicais baseados em Mean Girls e School of Rock. O regresso de Gilmore Girls...

Estes são apenas alguns exemplos daquilo que a revista Wired chama de "nostalgia" pelo início do milénio, mais concretamente pela cultura pop nascida entre o ano 2000 e 2006. Um revivalismo que, escreve, chegou demasiado depressa.

Os motivos para tal prendem-se sobretudo com a evolução da tecnologia e da internet. "Duas décadas é demasiado tempo para se esperar", afirma a publicação, relembrando outros revivalismos ao longo da história: o dos anos 50 na década de 70, dos anos 60 na de 80, e assim sucessivamente.

Um revivalismo que, naturalmente, é alimentado pelas várias publicações ligadas à cultura pop: "Para editores e leitores, a nostalgia é uma pomada pegajosa: quando há tantos ecrãs por acompanhar e o consumo de cultura pop a transformar-se em profissão e não paixão, é fácil regressar ao passado que amamos", afirma.

Contudo, a revista também clama que este tipo de ondas nostálgicas irá, eventualmente, encontrar o seu fim. "Para sobreviver, a nostalgia precisa de uma estaca; e, hoje em dia, a cultura pop parece não ter estacas - há milhões de pessoas a ocupar milhões de mundos e linhas temporais paralelas, que só se juntam um par de vezes por ano". Só o futuro dirá, no entanto, se esta previsão está correta.