Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Chris Cornell - Festival Alive - Julho 2009

Rita Carmo

Tour manager de Chris Cornell fala sobre o último concerto: “Nunca o tinha visto tão fora de si”

Ted Keedick diz que o vocalista estava a ter "problemas em controlar-se"

Ted Keedick, tour manager dos Soundgarden, afirmou esta semana à TMZ que Chris Cornell estava com "problemas em controlar-se" durante o último concerto da banda, antes do suicídio do vocalista.

"Nunca o tinha visto tão fora de si. Nem nunca tinha ouvido a voz dele [a soar] daquela maneira", afirmou.

Keedick diz ainda que o vocalista parecia estar "drogado", mas não deprimido. Durante o soundcheck, Cornell estaria, até, bem disposto. "Bate certo com o que disse a mulher do Chris sobre as conversas que tiveram por telefone, antes e depois do concerto".

Recorde-se que Chris Cornell se suicidou no passado dia 17, após um concerto dos Soundgarden em Detroit. O vocalista terá, alegadamente, abusado de Ativan, medicamento usado para combater a ansiedade, e que pode levar a comportamentos suicidas.