Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Getty Images

Ex-guitarrista dos Foo Fighters arrepende-se do que disse a seguir à morte de Chris Cornell

Franz Stahl havia chamado "egoísta" a Cornell por este se ter suicidado

Franz Stahl, ex-guitarrista dos Foo Fighters, pediu desculpa pelas declarações que fez após a morte de Chris Cornell, onde apelidou de "egoísta" o vocalista dos Soundgarden por este se ter suicidado.

Após ter sido fortemente criticado por fãs de Cornell, e não só, o músico publicou um comunicado no qual diz que as suas afirmações anteriores foram feitas "a quente".

"Sei bem o que é crescer sem um pai, com suicídios na família e sofrendo de depressão", escreve. "Naquele momento, escrevi algumas coisas e publiquei-as".

"No entanto, foi insensível da minha parte, e portanto apagado. As pessoas que me são próximas sabem que não sou aquela pessoa. Não sei como me retratar", diz ainda.