Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Soundgarden em 1989

Charles Peterson/Sub Pop

Membros dos Soundgarden e Pearl Jam prestam homenagem a Chris Cornell

As reações à morte do músico continuam a suceder-se

Os colegas de banda de Chris Cornell falaram, pela primeira vez, da morte deste.

Num comunicado publicado nas redes sociais, o baterista Matt Cameron, também membro dos Pearl Jam, escreveu que "o meu cavaleiro negro desapareceu" e agradeceu a simpatia e carinho dos fãs.

Já Mike McCready, que tocava com Cornell nos Temple of the Dog, afirmou ao Seattle Times que o vocalista "pintava, em canção, a escuridão e a beleza da vida em Seattle".

"Ele permitiu-me a vida na indústria musical que eu queria ter desde os 11 anos. Era um amigo do qual sentirei a falta. Tenho saudades tuas, irmão", concluiu.

Os Pearl Jam também homenagearam, enquanto banda, o malogrado vocalista, que se suicidou na passada quarta-feira. No Facebook, publicaram uma foto de Cornell com o seu cão.