Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

David Byrne

David Byrne despede-se do seu amigo Jonathan Demme com mensagem emocionada

O realizador norte-americano morreu esta semana, aos 73 anos, vítima de cancro

David Byrne juntou-se às vozes que, nas redes sociais, têm homenageado o falecido realizador Jonathan Demme, responsável por obras como O Silêncio dos Inocentes e pelo filme-concerto Stop Making Sense.

Numa nota publicada no seu website pessoal, o ex-líder dos Talking Heads relembrou "o amor [de Demme] pelas pessoas comuns" e a forma como "os seus filmes estavam repletos de canções dos artistas obscuros de que ele gostava", citando Handle With Care [1977] e Melvin and Howard [1980] como exemplos.

"A arte do Jonathan consistia em ver o espetáculo quase como uma peça de teatro, em que as personagens, e seus tiques, eram apresentados ao público", escreve ainda, sobre Stop Making Sense.

"Eu estava demasiado concentrado na música, no palco e nas luzes para ver o quão importante era o seu foco nas personagens - fez dos filmes algo diferente e especial".

Foi o trabalho de Byrne com Demme que acabou por inspirar o primeiro para realizar o seu próprio filme, True Stories, de 1986. "Tanto ele como o produtor Gary Goetzman fizeram com que a banda se sentisse incluída. Essa inclusão inspirou-me muito", remata.

Demme faleceu esta quarta-feira, aos 73 anos, em Manhattan, vítima de um cancro no esófago e de complicações relacionadas com um problema cardíaco.