Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Taylor Swift e Ed Sheeran

Getty Images

Taylor Swift sobre Ed Sheeran: “Deixou de ser tanto um rapaz e passou a ser mais um tanque”

Coube à artista norte-americana escrever sobre o amigo inglês na edição da revista Time dedicada às “pessoas mais influentes do mundo”

Taylor Swift escreveu um texto de homenagem ao colega e amigo Ed Sheeran na edição anual da revista Time dedicada às "pessoas mais influentes do mundo".

Da lista de 100 personalidades, fazem também parte, além de Donald Trump e Vladimir Putin, Chance The Rapper, Donald Glover (Childish Gambino), Alicia Keys, John Legend, Demi Lovato, o apresentador James Corden, o fundador da WikiLeaks Julian Assange, o CEO da Amazon Jeff Bezos, a atriz Viola Davis e o Papa Francisco

Swift elogia a tenacidade de Ed Sheeran, escrevendo: "quer tenha sido por vontade própria ou evolução inconsciente, quando decidiu levar para a frente as suas ambições musicais, o Ed deixou de ser tanto um rapaz e passou a ser mais um tanque. Está protegido por uma armadura impenetrável e sempre presente de entusiasmo que o ajudou a ultrapassar quaisquer dificuldades, desilusões ou subestimações".

"A sua reação a cada ideia que falha é quase automaticamente inventar uma nova", continua a artista, "é como um lutador que se levanta antes sequer de nos apercebermos que caiu. Há uns anos, num raro momento em que se sentia derrotado, o Ed disse-me 'nunca vou ganhar um Grammy'. Sim, vais, disse-lhe eu. Vais ganhar muitos, um destes anos. Poucas semanas mais tarde, quando nos encontrámos numa loja de sapatos em Londres, onde eu ia escolher fatos para ensaios, ele disse 'tens de ouvir isto'. Era uma canção que ele tinha terminado que se chamava 'Thinking Out Loud', que acabaria por ganhar o Grammy de Canção do Ano em 2016".

A terminar, Swift diz ainda: "parabéns, meu amigo Ed, pelo legado que já construíste e aquele gancho brilhante que provavelmente criaste há cinco minutos".