Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Alanis Morissette

Ex-agente de Alanis Morissette pede desculpa por lhe ter roubado milhões. Resposta: “não acredito em nada do que sai daquela boca”

Jonathan Schwartz também chegou a ser representante de Beyoncé e Mariah Carey

Jonathan Schwartz, ex-agente de Alanis Morissette, pediu desculpa publicamente à artista por lhe ter roubado 5 milhões de dólares (mais de 4 milhões de euros), atribuindo o seu crime ao vício do jogo.

Numa carta aberta ao Hollywood Reporter, Schwartz escreveu: "inicialmente, pedi um pouco 'emprestado' aos meus clientes, na esperança de que lhe pagaria de volta se ganhasse a aposta dessa noite. Tornou-se uma bola de neve porque continuei a perder e continuei a roubar. Dizia a mim próprio que só precisava de ter sorte e que depois pagava tudo".

O ex-agente da artista canadiana acrescenta que só quando foi apanhado percebeu o quão «patético» se tinha tornado e que só nesse momento resolveu pedir ajuda.

Morissette, no entanto, diz não acreditar na sinceridade de Schwartz, que também chegou a representar Beyoncé e Mariah Carey, tendo reagido da seguinte forma às suas declarações: "ficaria muito apreensiva se acreditasse em alguma palavra que sai da boca do Jonathan Schwartz".

O processo entre a artista e o ex-agente, que se declarou culpado, já está resolvido, mas Schwartz também foi processado pela empresa para onde trabalhava - a sentença será conhecida no próximo mês.