Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

"Sign O’ The Times" grande álbum de Prince, faz hoje 30 anos. Vamos recordá-lo?

Editado a 31 de março de 1987, foi o primeiro álbum de Prince depois do desmembramento dos seus Revolution, popularizou temas como “U Got The Look”, “If I Was Your Girlfriend” e “Sign O’ The Times” e deu a conhecer uma faceta mais feminina do astro de Minneapolis

Depois de três projetos cancelados, surge em 1987 Sign O’ The Times, o álbum duplo que consolidou a identidade que Prince Rogers Nelson, com oito álbuns na bagagem, já evidenciava. Com músicas inicialmente compostas para Dream Factory, Camille e Crystal Ball, o álbum de 1987 exaltou um Prince camaleónico e seguro em registos funk, pop, rock, electrónicos e R&B.

Com temas compostos originalmente para outros registos que nunca chegaram a ser editados e salpicado por alguns originais, Sign O' The Times é um excelente exemplo da versatilidade do artista, que sempre apostou em facetas e personalidades alternativas. Se Dream Factory seria o próximo álbum a ser editado pelos Revolution, banda da qual se fez acompanhar até aí, Camille era o alter ego feminino de Prince, dado a conhecer em temas como "Housequake" ou "If I Was Your Girlfriend". Pouco depois, surgiria o projeto Crystal Ball, que juntou alguns temas novos aos dois projetos anteriores. De três empreitadas finadas fez-se um álbum clássico.

No número especial da BLITZ, publicado poucos dias após a morte de Prince, em abril de 2016, Nuno Galopim debruçava-se sobre o contexto álbum. "O álbum, mais do que uma mera síntese das ideias que vinha a explorar nos últimos anos, é uma coleção de canções profundamente vincadas por marcas autorais que, na altura, não eram já segredo para ninguém. O alinhamento é um primor narrativo, juntando as canções como diálogos que estruturam um filme, arrumando de forma notável a grande variedade de caminhos que a música segue, conferindo-lhes sólida coesão. E isso é o que distingue um álbum de uma coleção de canções".

Apesar da atividade dos Revolution ter cessado em 1986, em Sign O' The Times Prince contou com a colaboração de alguns dos antigos colaboradores, destacando-se, por exemplo, o apoio vocal de Lisa Coleman e Wendy Melvoin.

No processo de gravação do álbum, que decorreu em Minneapolis, Los Angeles e Paris, a extravagância e a irreverência caraterísticas da música e apresentação em palco do artista também tiveram eco. Prince não gravou as vozes na cabine destinada para o efeito, mas sim na própria sala de gravação, junto do equipamento e técnicos de som. No entanto, para uma maior privacidade, pedia frequentemente para ficarem de costas voltadas ou o deixarem sozinho na sala.

Do álbum foram extraídos os singles "Sign O' The Times", "U Got The Look", "If I Was Your Girlfriend" e "I Could Never Take The Place Of Your Man". Recorde aqui os vídeos dois dois primeiros:

Ouça, agora, o álbum na íntegra:

MD