Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Morreu Chuck Berry

O músico norte-americano tinha 90 anos e estava a preparar o lançamento de um novo álbum

Morreu Chuck Berry, um dos "pais" do rock n' roll. Tinha 90 anos e faleceu em sua própria casa, em St. Charles, no estado norte-americano do Missouri.

Nascido a 18 de outubro de 1926, Berry começou a despontar para a música desde cedo, tendo dado o seu primeiro concerto em 1941, na escola secundária de Sumner, em St. Louis, que frequentava.

Assinou pela lendária Chess Records em 1955, por recomendação de Muddy Waters, tendo nesse mesmo ano editado "Maybellene", versão de uma tema country tradicional que se tornou num dos standards do rock n' roll.

Seguir-se-iam "Rolll Over Beethoven", "Sweet Little Sixteen" e "Johnny B. Goode", que cimentaram para sempre a sua posição enquanto um dos grandes impulsionadores dos primórdios do rock, tendo influenciado praticamente todos os grandes músicos que surgiram depois de si: Angus Young, por exemplo, "roubou-lhe" o célebre duck walk. E John Lennon chegou mesmo a dizer, numa entrevista, que "se o rock tivesse outro nome, chamar-se-ia Chuck Berry".

A sua vida ficou, igualmente, marcada por vários problemas com as autoridades. Foi preso em 1944, aos 17 anos, por assalto à mão armada, tendo de passar três anos num reformatório. Em 1959 foi novamente detido, acusado de ter tido relações sexuais com uma menor de 14 anos, sendo condenado a três anos de prisão, cumprindo metade da pena.

Chuck Berry estava a preparar um último álbum de estúdio, com lançamento marcado para este ano, simplesmente intitulado Chuck - que, ao que tudo indicava, seria o seu último álbum de sempre.